VISITE TAMBÉM:
Beatles Brasil (portalbeatlesbrasil.com.br)
Let's Rock! (letsrock.com.br)
Jovem Guarda (jovemguarda.com.br)

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Jimmy Nicol, um baterista que tocou com os Beatles no auge das turnês!

 
Jimmy Nicol, nascido em Liverpool no ano de 1940, comecou sua carreira como afinador de bateria para a empresa fabricante de instrumentos musicais Boosey & Hawkes, depois se juntou a banda de apoio de Lee Curtis e por um breve periodo trabalhou com Georgie Fame em 1964. Nesse mesmo ano formou a sua propria banda, The Shubdubs, com Tony Allen (vocais), Roger Coulam (órgão), Quincy Davies (sax), Bob Garner (baixo) e John Harris (metais).

Em junho de 1964 Ringo Starr foi hospitalizado um dia antes dos beatles saírem em turnê com febre alta e amigdalite e teve de ficar hospitalizado a fim de remover as amígdalas. Jimmy, então com 24 anos, foi chamado para substitui-lo na turnê dos Beatles, que incluiria Suécia, Holanda, Oriente Médio e Austrália. George Martin foi quem sugeriu Jimmy como substituto, já que ele havia participado de um projeto chamado Beatlemania e sabia as partes de bateria de diversas músicas.

George Harrison em principio se recusou a sair em turnê sem Ringo, mas foi convencido por George Martin e Brian Epstein que Jimmy seria uma boa substituição. Paul aceitou Jimmy sem problemas, mas disse que com certeza os fãs notariam a diferença se Jimmy aparecesse em alguma gravação. Brian achou que ele "já se parecia com um Beatle".

Durante a turnê, cada vez que um dos outros perguntava como ele estava indo, se estava gostando, Jimmy sempre respondia "está melhorando" ("it's getting better"), tantas vezes que acabou virando motivo de piada e em 1967 inspirou Paul a escrever "Getting Better" para o álbum Sgt. Pepper's.

Ringo saiu do hospital dia 11 de junho e se juntou ao resto do grupo em Melbourne, Austrália, dia 14. Jimmy recebeu em pagamento £500 e um relógio de ouro com a inscrição "Dos Beatles e Brian Epstein para Jimmy - em apreciação e agradecimento" (From The Beatles and Brian Epstein to Jimmy - with appreciation and gratitude). Jimmy voltou a Londres na manhã seguinte sem se despedir dos outros Beatles, pois eles ainda se encontravam dormindo e ele não quis incomodá-los. Mais tarde Jimmy disse que "eles foram todos muito simpáticos, mas eu me senti como um invasor. Eles me receberam bem, mas não é possível ser parte do grupo assim tão facilmente - eles tem uma atmosfera e um senso de humor próprios".

No dia 12 de julho (um mês depois), os Shubdubs abriram o show para os Beatles no Hippodrome Theatre, Brighton. Jimmy disse desse reencontro: "Brian Epstein arranjou para que nós e The Fourmost tocássemos com os Beatles. Nos conversamos um pouco nos bastidores, as coisas mudaram desde a ultima vez que nos vimos. Eles foram agradáveis".

Jimmy lançou alguns singles com os Shubdubs, sendo o último "Husky"/"Don't Come Back", que nunca atingiu as paradas, e a banda se separou. Em 1965 ele tocou na banda de apoio de Peter & Gordon (Peter Asher, irmão de Jane). Nesse mesmo ano ele declarou falência, culpando um desentendimento que teve com Brian Epstein pelo seu fracasso em conseguir novos contratos. Em 1966 se mudou para a Suécia e se juntou ao grupo The Spotnicks. Mais tarde morou por algum tempo na América do Sul e Austrália, e voltou para a Inglaterra nos anos 80. Seu filho Howie trabalhou como engenheiro de som na série de documentários Anthology.

Singles lançados pelos Shubdubs/Nicol solo:
1 "Humpty Dumpty"/"Night Train" 1964
2 "Husky"/"Don't Come Back" 1964
3 "Baby Please Don't Go"/"Shub Dubbery" 1964
4 "Clementine"/"Bim Bam 1965" (lancado como Sound Of Jimmy Nicol)



Nenhum comentário:

Postar um comentário